Ford lidera nos caminhões leves e semileves e volta a financiar pelo Finame

Ford lidera nos caminhões leves e semileves e volta a financiar pelo Finame

Liberação de financiamento simplificado, que agiliza a emissão de crédito, traz confiança na recuperação do mercado no último trimestre do ano

A Ford fechou setembro como a marca que mais cresceu no competitivo segmento de caminhões leves e semileves, dentro da atual conjuntura econômica para os veículos comerciais no Brasil. No acumulado do ano, a participação da Ford na indústria aumentou 5 pontos percentuais quando comparado com o mesmo período do ano passado. Ao anunciar este resultado, a Ford destacou também a volta do Finame simplificado para o financiamento de caminhões, anunciada pelo BNDES dentro do Programa de Sustentação do Investimento (PSI) e Procaminhoneiro, a partir deste mês até o final do ano.

“O Finame simplificado agiliza o processo de emissão de crédito. Com ele, o próprio agente de crédito pode liberar o faturamento, diferentemente do modelo convencional, que exige a aprovação do BNDES. Outra boa notícia é que ele tem validade até dezembro, trazendo mais confiança para uma recuperação do mercado no último trimestre”, disse Antonio Baltar Jr., gerente de Vendas e Marketing da Ford Caminhões.

Força e tradição
“A força e a tradição da marca nos segmentos de transporte urbano e rodoviário tem sido responsável por crescer num mercado volátil. Mas, é importante registrar que os Cargo 816 e Cargo 1119, junto com os caminhões F-350 e F-4000, fazem a diferença nesse momento em que os clientes valorizam cada vez mais a confiança e a rentabilidade”, afirma Antonio Baltar.

Nos caminhões semileves, com peso bruto total de 3,5 a 6 toneladas, a Ford consolidou a liderança absoluta com o modelo F-350, que ficou com 42,8% de participação – 5,6 pontos percentuais melhor que o mês anterior. Nos chamados caminhões leves, com peso bruto total de 6 a 10 toneladas, formados pelo F-4000, versões 4×2 e 4×4, Cargo 816 e Cargo 1119, o crescimento foi de cerca de 1 ponto percentual e a Ford respondeu por 32,4% das vendas do segmento. O destaque nessa faixa foi o Cargo 816, com um avanço de 11% nas vendas comparado ao mês anterior.

A Ford cresceu também entre os caminhões pesados 6×4, atingindo 22,6% de participação – 6,6 pontos percentuais mais que no mês anterior – principalmente com o Cargo 2629. Com capacidade máxima de tração de 42.000 kg e equipado com motor Cummins de 290 cv, o modelo combina desempenho e robustez em aplicações como betoneira, construção e fora de estrada.

“Estamos atentos às oportunidades de mercado e trabalhando para manter a competitividade dos nossos caminhões. Atingir uma participação superior aos 22% num segmento que opera principalmente em atividades de infraestrutura é um grande avanço, considerando o atual momento da economia”, afirma Antonio Baltar.

*Assessoria de Imprensa Ford

Lido 350 vezes Última modificação em Segunda, 23 Novembro 2015 21:01

Tel: (61) 1234 5678 / 1234 5678

Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.